Sabe qual é a altura certa para investir?… Agora!

Será agora a altura certa para criar um plano de investimentos? Respondemos a 4 perguntas essenciais.

Este ano o mundo enfrentou uma crise económica sem precedentes, tanto pela sua amplitude e dispersão global, como pela sua origem num fenómeno de natureza pandémica. Naturalmente, os mercados financeiros não saíram ilesos deste choque ao normal funcionamento da economia local e global, e temos por isso assistido a uma significativa oscilação nos preços de inúmeros instrumentos financeiros. Os níveis de volatilidade, utlizada para medir o risco associado aos investimentos, atingiram em março deste ano níveis históricos equiparáveis aos da crise financeira de 2007-09. Enquanto investidor, enfrentar este tipo de acontecimento sem tomar decisões irracionais guiadas pelas emoções pode ser complicado, e a decisão mais acertada pode passar por se aconselhar junto de um profissional para assim assegurar a preservação dos seus objetivos de longo-prazo.

Deixamos aqui 4 perguntas e respostas para o ajudar a entender como um consultor para investimentos independente como a Dolat.Digital pode ser benéfico para a sua carteira.

1. Como pode um consultor para investimentos independente auxiliá-lo durante um período de abrandamento económico?

Um dos mais importantes apoios que um consultor para investimentos pode prestar aos seus clientes é de evitar os efeitos negativos das suas emoções nas decisões de investimento. Quando um investidor vê o valor das suas poupanças, resultado de anos de trabalho, com oscilações significativas, pode ser difícil manter a disciplina de investimento. Torna-se importante ter do seu lado um consultor para investimentos independente e de confiança, que o possa aconselhar e guiá-lo a tomar as melhores decisões, com frieza e racionalidade.

Outro comportamento típico de vários investidores é questionarem-se porque não têm todo o seu dinheiro investido em ações durante as subidas, ou por que razão têm um cêntimo que seja investido em períodos de queda. A qualidade de um consultor de investimentos não deve ser medida com base na sua capacidade de prever o futuro – ninguém o consegue fazer. Um bom consultor de investimentos é aquele que o auxilia a manter-se nos carris, quando a sua vontade é saltar do comboio.

2. Quando é então o momento certo para contratar um consultor?

A melhor altura para trabalhar com um consultor de investimentos é… agora! Quanto mais cedo conseguir desenvolver um plano pensado para o longo prazo, que seja adaptado aos seus objetivos e características, e certificar-se de que esse plano o ajuda realmente a atingir esses objetivos, melhor. Embora a volatilidade e a incerteza no mercado possam ser incómodas, admitir que não conseguimos prever o futuro não quer dizer que não devamos formular um plano sólido.

Uma forma racional de gerir a sua carteira de investimentos é ter do seu lado um consultor para investimentos independente para desenvolver e acompanhar um plano adequado para si a longo prazo, plano esse que mitigue quedas naturais do mercado e que lhe permita beneficiar da capitalização dos seus rendimentos.

 

3. Porquê contratar um consultor durante um período de volatilidade?

Um consultor de investimentos consegue apoiá-lo como investidor, construindo uma carteira adequada ao seu perfil de investimento e tolerância ao risco. Como investidores, devemos sempre considerar qual é a nossa verdadeira tolerância ao risco. O termo “tolerância ao risco” não se refere a uma emoção ou um humor do investidor, que muda a cada dia que passa e varia ao longo do dia consoante as flutuações do mercado. Tolerância ao risco é a capacidade de um investidor suportar as oscilações (que advêm de uma dada estratégia de investimento) no valor dos seus investimentos a longo prazo.

A diversificação  pode ser o melhor escudo que nos protege de volatilidade natural dos mercados financeiros, mas é importante lembrar que o risco é o preço a pagar pela rendibilidade que conseguimos retirar, no longo prazo, dos nossos investimentos. Compreender a associação entre risco e rendibilidade deverá estar sempre presente na mente dos investidores. Um consultor para investimentos independente pode ajudá-lo a avaliar de forma realista a sua tolerância ao risco e definir para si a estratégia mais adequada permitindo-lhe assim atingir os seus objetivos financeiros.

4. O que deve então fazer para se concentrar nos seus objetivos a longo prazo?

Há seguramente várias alternativas possíveis. No entanto, trabalhar com um consultor de investimentos independente, imparcial e de confiança, que o apoie em tempos de incerteza no mercado permiti-lo-á manter-se de mãos firmes na sua carteira e nos seus objetivos, assegurando que as decisões que tomar são as melhores para si. A atual crise pandémica que vivemos produz naturalmente reações emocionais. Confiar na experiência de um profissional, especialmente em tempos difíceis, pode ajudá-lo a evitar más decisões baseadas na emoção.

O mundo contemporâneo é por natureza complexo e instável, e os investimentos financeiros, comportam sempre um determinado risco associado (que depende naturalmente da carteira que elegeu). No entanto, para um investidor racional que acredite no natural progresso da tecnologia e na inovação, investir com uma perspetiva de longo prazo é, provavelmente, o caminho mais eficiente para atingir os seus objetivos financeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *